3 VÍDEOS PRA RESTAURAR SUA FÉ NA HUMANIDADE

29/09/2014   |   CONTOS & REFLEXÕES

Todos os dias na hora do almoço, meu avô coloca no noticiário da TV. São tantas notícias ruins que nem consigo saborear direito a comida. Às vezes eu fico me sentindo tão mau frente à esse mundo cada vez mais doente e não poder fazer nada… Um mundo tomado por sentimentos baixos, um mundo “olho por olho, dente por dente”.

Mas hoje eu decidi fazer alguma coisa e compartilhar com meus queridos leitores histórias boas, que podem te ajudar a acreditar que sim, podemos mudar o mundo, não por inteiro, mas o mundo ao nosso redor. Sabia que você pode melhorar o dia de alguém só com um sorriso ou elogio? Ao invés de fazer barraco, experimente dar um bombom ou elogiar aquela atendente do banco que está sempre com a cara emburrada te tratando com ignorância. Aposto que você vai conseguir arrancar pelo menos um sorriso dela e ela vai te atender bem melhor. Ódio só gera mais ódio, é um ciclo vicioso. Por isso, quando tratamos com amor alguém que nos trata mau, quebramos esse ciclo vicioso e tudo acaba bem.

Eu sei, o mundo está doente, mas vamos tratá-lo com o remédio mais poderoso que já foi inventado: o amor. Esse não tem contra-indicações, nem restrições de uso. Quanto maior a dosagem, melhor. E com certeza, se conseguirmos praticar esse sentimento na nossa rotina, pelo menos o mundo que nos cerca vamos conseguir mudar.

As pessoas dos vídeos abaixo fizeram a diferença na vida de alguém e deixaram esse mundo um pouco mais colorido e bonito de se ver. Assista e se inspire…

A Ira de um Anjo

É um documentário bem antigo mas que vale muuuuuuito a pena assistir. Eu chorei baldes com a história dessa garotinha que tinha tudo pra se tornar uma psicopata e no meio do caminho encontrou alguém disposto a se dedicar à sua recuperação. Muitas vezes sentimos ódio dos bandidos e assassinos que vemos nos noticiários mas ninguém mostra pelo que ele já passou, a vida sem oportunidades e sem amor que ele teve. É claro que nada justifica, mas falta na nossa sociedade centros de recuperação como esse do vídeo, faltam pessoas dispostas à se dedicar ao ser humano até o fim, e não desistir diante do primeiro fracasso.

 

Bombeiro salvando gatinho

Me senti impressionada com tamanha sensibilidade desse bombeiro. Arriscou sua vida pra salvar essa vidinha, que pra muitos não valeria a pena. Mostrou que vida é vida, não importa o tamanho nem espécie.

Doar: o anúncio tailandês que fez o mundo chorar

Não são cenas reais, é um anúncio publicitário tailandês, mas mostra a mais pura realidade: você colhe o que planta. Tá plantando discórdia? Vai colher guerra. Tá lutando contra sua natureza humana e plantando amor? Vai colher paz! E é doando que se recebe…

Eu não sei vocês, mas eu quando assisto à esse tipo de vídeo me sinto muito inspirada pra viver e lutar pra deixar esse mundo um pouquinho melhor do que eu encontrei.

E ai? Vamos mudar o mundo?

[CONTINUAÇÃO] E SE NA VIDA EXISTISSE CTRL+Z?

04/07/2014   |   CONTOS & REFLEXÕES

ctrl+z

-Essa é uma continuação desse post 

A vida colocou muitas montanhas no caminho de Amora, e ela teve a oportunidade de se livrar de todas com o ctrl+z. Não aprendeu a pôr seu melhor tênis e enfrentar a escalada pra chegar do outro lado e sentir aquele gostinho de vitória no final. Na verdade todas as vitórias em sua vida não tem sabor, são completamente sem sal, por isso ela se sente vazia.

Quando algo a desagrada, ela não para pra pensar se aquilo a trará algo de bom no final. O ctrl+z em sua vida a fez viver em um mundo controlado pelas suas vontades, pelo seu ego, e pelo que julga como certo, em seu mundinho imperfeito e cheio de falhas.

Quando ofendeu alguém com palavras ásperas e desfez a ação, não aprendeu a se arrepender, passar por cima do orgulho e pedir desculpas.

Quando errou a receita do bolo e desfez a ação, não aprendeu a persistir até acertar. 

Quando decidiu por uma profissão errada e desfez a ação, talvez tenha perdido a oportunidade de viver experiências enriquecedoras. 

Quando desfez sua amizade com aquela amiga falsa, não aprendeu a ouvir, entender e  perdoar. 

Todos nós precisamos passar por problemas pra crescer. Esse mundo mais parece uma escola, em que provas nos são dadas a todo instante pra testar nosso nível de sabedoria. Os erros são normais, contanto que aprendamos com eles.

Se na vida existisse ctrl+z, certamente não existiria aprendizado. Amora não existe, e que bom que na vida real não dá pra desfazer a ação. Por isso, quando estiver passando por um momento difícil, enfrente, com aquela coragem que você vê em filmes de ação. Encare o desafio, porque como o meu avô sempre diz, “pra todo problema tem uma solução” e com paciência você encontra uma pro seu. A chuva vai cair, e vai molhar tudo. Mas o sol sempre vem de fininho trazendo um lindo e colorido arco-íris.

E SE NA VIDA EXISTISSE CTRL+Z?

28/06/2014   |   CONTOS & REFLEXÕES

ctrl+z
Fecho os olhos e me lembro de um passado que eu nunca vivi, de uma história que eu não contei, de lembranças que apaguei. Me chamo Amora e tenho um segredo que preciso desabafar: não sei ao certo como isso pôde acontecer, mas meu computador está enfeitiçado e tenho as teclas ctrl+z funcionando na vida real. Posso fazer tudo o que me vier à cabeça sem pensar duas vezes. Se der errado, é só apertá-las e desfazer a ação. Ninguém vai lembrar de nada, só eu mesma.

Posso dizer palavras que ofendem as pessoas, posso errar a receita do bolo, posso decidir por uma profissão errada, posso desfazer meu casamento, posso desfazer a amizade com uma amiga falsa… só apertar ctrl+z e pronto, tudo resolvido!

Descobri essas teclas ainda muito jovem, na adolescência. Aconteceu quando fiquei sabendo que minha melhor amiga tinha começado a namorar o cara que eu estava completamente apaixonada. Fui pra casa aos prantos, e o pior é que aquele era o último dia pra fazer um trabalho da escola. Sentei na cadeira do computador e não conseguia pensar em nada, só fazia apertar ctrl+z pra consertar os erros de digitação. Até que uma das vezes que eu pressionei as teclas desejei em voz alta que nunca queria ter conhecido aquela amiga. No outro dia, ela simplesmente tinha sumido do meu bairro, e ninguém nem lembrava mais dela. Daí eu me dei conta do poder que tinha nas mãos, ou melhor, na ponta dos dedos…

Hoje, aos 30 e poucos anos, venho desfazendo tudo o que considero errado na minha vida. Sou uma mulher bem sucedida, tenho só pessoas boas ao meu redor, só dou tiro no alvo, não tenho nenhum erro pra temperar minha biografia.

Todos à minha volta me veem como uma pessoa perfeita, sem defeitos, sem falhas. Se perguntam se eu realmente existo.

Acontece que me sinto vazia…

Esse conto precisa de um fim. Alguém arrisca dizer por que Amora se sente uma pessoa vazia mesmo tendo a vida que todos gostariam de ter? Será que as teclas a fizeram deixar de viver coisas que ela precisava ter vivido? Daria algum conselho à ela? Deixe sua opinião nos comentários ou me mande um email e me ajude a concluir essa história em um dos próximos posts.

Continuação AQUI

Topo